Iron Man 3 ( Homem de Ferro 3 ) foi aos cinemas em 2013.

A estória não é a continuação do segundo filme, mas a continuação de Vingadores. Os eventos de Vingadores se passam após o segundo Homem de Ferro e este continua os Avengers.

Tony Stark está sofrendo as consequências psicológicas dos eventos fortes de sua passagem pelos Vingadores, crises de ansiedade e problemas com o sono são um mal constante a lhe atormentar. Enquanto ele se afunda em trabalho e distrações tecnológicas, outro homem tenta se aproximar de sua Pepper. Stark havia desprezado e humilhado um sujeito antes de se tornar o Homem de Ferro, este sujeito marcou-o para uma vingança. O terror extremista islâmico surge quase indiretamente na figura do Mandarim. Uma nova guerra levanta-se, mas o bilionário Tony e o Coronel Rhodes terão que aprender que as coisas nem sempre são o que parecem. Stark desafia o terrorista e este lhe responde com fogo. Agora sem sua armadura e sofrendo psicologicamente, o herói terá que provar que é mais do que um homem com uma armadura tecnológica.

Tony é posto à prova: como se virar sem a armadura? Sem ela, quem é você? Quais são seus verdadeiros bens? Entre Pepper e sua criação, quem é mais importante? A mensagem central do filme é que não somos nossos bens, nem nossas conquistas materiais, mas quem está definido por princípios e valores em nossas almas.

Politicamente o filme é quase neutro: se os vilões são um capitalista sem princípios e um ator niilista, os heróis são um capitalista com princípios e um militar honrado. O presidente lembra Trump em aparência. A única incógnita é se a guerra é um teatro montado por empresas ou é legítima em suas razões, o filme dá margem para ambas interpretações embora com mais força à uma representação teatral.

Por um lado, o roteiro foi tecnicamente veloz e nenhuma informação deixou faltar, desta vez serviu-se de um tom mais de investigação policial. Pelo lado mais literal, o roteiro conseguiu fechar o arco da jornada do herói de Joseph Campbell, o primeiro filme é sobre como o eletroímã foi parar em seu peito, o segundo sobre como lhe afetou a saúde, este é sobre como personagem fez para retornar ao seu estado inicial (eu não vou contar como e nem o que acontece, isso seria spoiler 🙂 ). Fechado este ciclo, o personagem volta ao início mantendo o aprendizado. Para quem assistiu o primeiro e segundo, este filme é necessário para fechar o ciclo. Sobre seu eletroímã e sua armadura, os eventos deste filme justificam o dizeres de Tony Stark a Peter Parker em SpiderMan Homecoming: “Se você não é nada sem o traje, então não deve vesti-lo“.

A fotografia serviu-se de alguns congelamentos de câmera que remeteram nostalgicamente à fase dos anos 70 do cinema. Novamente o esquema de cores foi vivo e intenso. A trilha sonora ficou por conta do hard rock do AC/DC e do clássico orquestrado numa harmonia perfeita. A edição, uma obra de arte que dialogou sinergicamente com fotografia e música.

O elenco é sempre fantástico, desde o primeiro inclusive. Robert Downey Jr como o sisudo e divertido Tony Stark (Homem de Ferro) é perfeito (eu inclusive não imagino outro ator neste papel) e para o público brasileiro, a dublagem de Marco Ribeiro é outro fator fantástico. Pepper Potts de Gwyneth Paltrow, a implicante e dedicada ex-assistente e atual empresária é incrível, a dubladora Sílvia Goiabeira também é digna de elogios. Jon Favreau (também produtor) atuando como Happy Hogan prova ter muito talento para o ex guarda-costas de Tony e atual chefe da segurança de Pepper. Quem mais surte efeito com uma atuação surpreendente é o hilário e dramático Trevor Slattery (Mandarim) vivido por Ben Kingsley, a dublagem de Sérgio Fortuna é um show à parte. Don Cheadle como Coronel James Rhodes (Máquina de Combate / Patriota de Ferro) é outro excelente para o papel e inclusive veio para ficar.

A direção de Shane Black calhou de orquestrar essa equipe de talentos únicos e resultou numa avassaladora bilheteria que superou 1 bilhão de dólares. A produção de Feige (consagrado gênio da Marvel) arrecadou 200 milhões de dólares para realizar a película e o sucesso tornou-se inegável ao multiplicar por 6 o investimento. A audiência resultante foi de US$ 1,215 bilhão. Iron Man 3 foi indicado para 61 prêmios incluindo o Oscar de Melhores Efeitos Especiais e das indicações ganhou 17.

Este é um filme nota 10, um verdadeiro blockbuster.

Trailer de Iron Man 3 ( Homem de Ferro 3 )

Ficha técnica de Iron Man 3 ( Homem de Ferro 3 )

Filme / Ano Iron Man 3 ( Homem de Ferro 3 ) / 2013
Produção Kevin Feige, Alan Fine, Charles Newirth, Victoria Alonso, Louis D’Esposito, Dan Mintz, Jon Favreau
Direção Shane Black
Roteiro Shane Black, Drew Pearce, Stan Lee, Don Heck, Larry Lieber, Jack Kirby, Adi Granov

Baseado em Extremis de Warren Ellis

Fotografia John Toll
Música Brian Tyler
Edição Peter S. Elliot, Jeffrey Ford
Elenco Robert Downey, Gwyneth Paltrow, Rebecca Hall, Guy Pearce, Ben Kingsley, Paul Bettany, Don Cheadle, Jon Favreau, William Sadler, James Badge Dale
Orçamento / Receita US$ 200 milhões / US$ 1.215.439.994
Anúncios