Este texto é material auxiliar do curso de Assembly. Fui obrigado a separar este assunto para não aumentar muito o texto de preparação do ambiente.

Seja você um seguidor do curso, ou alguém em busca de auxílio para instalar uma máquina virtual, este pequeno tutorial provavelmente lhe servirá.

Todas as informações necessárias sobre por quais motivos escolhi aqui o Windows 95 estão no outro texto. Aqui me concentrarei apenas em guiar a instalação do Windows 95 no programa Virtual Box da Oracle.

Para começar então, faça o download do programa chamado Oracle Virtual Box e separe o arquivo em uma pasta.

virtual box - assembly

Em seguida, faça o download da imagem do Windows 95 e guarde-a na mesma pasta.

win95 iso img - assembly

Por último faça o download da imagem do disquete de boot do MS-DOS 6.22 e guarde-a também na mesma pasta.

dos 6.22 boot - assembly

Concluídos os downloads acima, instale o Virtual Box e o execute.

Você terá uma tela como esta abaixo:

virtual box - assembly

Clique no botão “New” ou “Novo“, que contém o ícone com a engrenagem azul.

Na tela que se abrirá, dê um nome à sua máquina virtual, escolha em “Tipo” a opção “Microsoft Windows” e escolha em “Versão” a opção “Windows 95“.

oracle virtual box - assembly

Em seguida clique em “Próximo (N)“.

Na próxima tela, mantenha 64 megas mesmo como tamanho da memória RAM (você pode colocar o quanto quiser, mas não deixe menos que 64 megas).

oracle virtual box - assembly

Clique novamente no botão “Próximo (N)” para seguir.

A tela que surge é sobre a criação de um disco rígido, selecione a opção “Criar um novo disco rígido virtual agora” e prossiga clicando no botão “Criar“.

oracle virtual box - assembly

Na nova tela que se abrirá, com o título “Tipo de arquivo de disco rígido” selecione a opção “VDI (VirtualBox Disk Image)” e em seguida avance clicando no botão “Próximo (N)“.

oracle virtual box - assembly

A próxima tela que se apresenta é sobre o armazenamento em disco rígido, nela selecione a opção “Dinamicamente alocado” e clique em “Próximo (N)“.

oracle virtual box - assembly

Em seguida surgirá uma tela com opções sobre a localização e o tamanho do disco rígido virtual, para esta instalação o tamanho mínimo recomendado é de 2 gigas. Certifique-se de que o número informado na caixa de texto é 2,00 GB e clique no botão “Criar” na parte de baixo da tela para prosseguir.

oracle virtual box - assembly

Na tela inicial do programa, você verá do lado esquerdo sua máquina criada na lista.

oracle virtual box - assembly

Se tudo deu certo até aqui, então a criação de sua máquina virtual está pronta. Agora partiremos para instalação do Windows 95 nela.

Lembra-se das imagens do disco de boot do MS-DOS 6.22 e do Windows 95 que você salvou? Pois é. Chegou a hora de usá-las.

Antes no entanto precisamos fazer um ajuste nas configurações, pois sem isso o Windows 95 trava após a instalação.

Selecione a máquina virtual que você criou na lista do lado esquerdo e clique no botão “Configurações“, que tem o ícone de uma engrenagem amarela e uma tela de configurações de sua máquina surgirá.

Nesta tela você deve selecionar na coluna da esquerda a opção “Sistema“, em seguida na tela da direita selecionar “Aceleração“, desmarcar a caixa “Habilitar VT-x/AMD-V“.

oracle virtual box - assembly

Ainda em “Sistema“, clique na primeira aba do lado direito “Placa-Mãe” e deixe a caixa “Ordem de Boot” com a seguinte sequência: “Disquete, Óptico, Disco Rígido“.

oracle virtual box - assembly

Por fim confirme clicando no botão “OK” na parte inferior.

Voltando à tela inicial, selecione sua máquina virtual na coluna da esquerda e clique no botão “Iniciar (T)” que tem o ícone de uma seta verde apontando para a direita, conforme a imagem abaixo.

oracle virtual box - assembly

Na primeira vez que você executar sua máquina virtual, lhe será pedido um CD com sistema operacional. Acontece que a imagem do Windows 95 que estamos usando não tem boot, então vamos apenas confirmar clicando no botão “Iniciar“, cientes de que teremos um erro de início, mas que definiremos o boot logo em seguida manualmente.

oracle virtual box - assembly

O resultado logo a seguir será uma tela preta com a mensagem: “FATAL: No bootable medium found! System halted.“. Este é o erro que estávamos esperando, vamos corrigir isso agora.

oracle virtual box - assembly

Finamente chegou a hora de usar os arquivos que você fez download.

Se você fez o download da imagem que eu recomendei no começo, você provavelmente terá na pasta em que escolheu salvar os arquivos, um arquivo com extensão “.7z“, chamado “Microsoft Windows 95B (4.00.1111) (OSR2) [English] (CD)“. Extraia-o com o programa que preferir (eu uso o Winrar, mas isto não é uma regra e você pode usar o que achar melhor).

Ainda na mesma pasta de destino dos downloads confira se está presente o arquivo chamado “Dos6.22“, ele tem a extensão “.img“. Este arquivo é importante pois é o disco de boot que usaremos.

Voltando ao programa Virtual Box, ainda naquela tela de erro, no menu superior, clique na opção “Dispositivos“, em seguida, no menu que se abre, clique em “Discos Ópticos” e no sub-menu que surge clique em “Selecionar imagem de disco“.

oracle virtual box - assembly

Então localize a pasta onde você salvou e extraiu a imagem do Windows 95 e aponte para o arquivo “windows95b.iso” (ou apenas “windows95b“), em seguida selecione e confirme este arquivo.

Para conferir, perfaça novamente o caminho do menu superior clicando em “Dispositivos” e “Discos Ópticos“, o sub-menu deverá trazer a opção “windows95b.iso” marcada com uma checagem à esquerda do nome, observe:

oracle virtual box - assembly

Este procedimento é apenas para conferir.

Agora, após selecionar a imagem do sistema operacional, vamos selecionar o boot do sistema.

No menu superior desta mesma tela, clique em “Dispositivos“, em seguida em “Drive de Disquete” e no sub-menu em “Selecionar imagem de disco“. Conforme a imagem abaixo indica:

oracle virtual box - assembly

Na janela que se abre, localize a pasta dos seus downloads, selecione o arquivo “Dos6.22.img” (ou apenas “Dos6.22“) e confirme.

Para conferir se você fez certo, volte a clicar no menu superior em “Dispositivos” e em seguida em “Drive de Disquete“, no sub-menu a opção “Dos6.22.img” deverá estar selecionada com uma marca de checagem à esquerda do nome, confira:

oracle virtual box - assembly

Após conferir se você selecionou corretamente as imagens do disco de boot e de sistema operacional, conforme as instruções que lhe forneci até aqui, vamos reiniciar a máquina virtual para configurar o disco rígido corretamente e em seguida iniciar a instalação do Windows 95.

No menu superior clique em “Máquina” e no menu clique em “Reiniciar“.

oracle virtual box - assembly

A máquina virtual reiniciará e a tela que você deverá ver é a seguinte:

oracle virtual box - assembly

Se você estiver neste ponto, então chegou o momento de criarmos a partição do disco rígido e formatá-lo em seguida, pois sem isto é impossível instalar um sistema operacional Windows em um computador.

Nesta tela digite: “fdisk” e pressione “Enter” no teclado. Você verá então a tela do programa “fdisk” ou “Fixed Disk Setup Program“.

oracle virtual box - assembly

Digite “1” e pressione “Enter” no teclado em seguida. Você estará selecionando a opção “Create DOS partition or Logical DOS Drive“, é a chamada “partição primária do DOS“. Não se preocupe com estes termos por hora, pois veremos mais sobre a estrutura do disco rígido (HD) durante o curso Assembly.

A tela seguinte surgirá:

oracle virtual box - assembly

Nesta tela digite novamente “1” e em seguida aperte “Enter” novamente. Com isto você selecionou a opção “Create Primary DOS Partition“. É apenas a continuação do processo anterior e a nova tela surge:

oracle virtual box - assembly

O “fdisk” te pergunta nesta tela se você deseja usar o tamanho máximo permitido para criar a partição e torna-la ativa, sua resposta será um “sim“, só que um sim em inglês, será um “yes” e usando apenas a inicial “Y“. Digite “Y” e pressione “Enter” em seguida. A nova tela e final deste processo será a seguinte:

oracle virtual box - assembly

Se você está vendo esta tela, então você fez tudo certo e particionou o disco rígido virtual corretamente. Com sua partição criada pressione qualquer tecla que o sistema operacional da máquina virtual será reiniciado e você voltará à tela inicial. Então formataremos a partição que você criou para podermos finalmente instalar o sistema Windows 95.

Você deverá estar de volta à esta tela:

oracle virtual box - assembly

Nesta tela digite: “format c:” e aperte “Enter” em seguida. Lembre-se que a esta altura seu teclado provavelmente ainda não está configurado e portanto o “:” provavelmente estará na tecla “ç“.

oracle virtual box - assembly

O sistema lhe dará uma mensagem alarmante, ignore-a cinicamente e digite “Y“. Lembre-se que você está em uma máquina virtual e que nada que você fizer aqui afetará seu computador de verdade. Máquina virtual é uma espécie de “faz de conta” para que você possa fazer testes sem prejudicar sua máquina real ou correr riscos de perder arquivos importantes. Portanto, não se preocupe.

O comando “format” irá preparar a partição que você criou com o “fdisk” há pouco no seu disco rígido para seu uso. Em seguida lhe pedirá um nome, conforme abaixo:

oracle virtual box - assembly

Use o nome que você quiser, eu geralmente aperto o “Enter” e ignoro. Observe:

oracle virtual box - assembly

Muito bem. Se você chegou até este ponto e está acompanhando passo a passo, então você fez tudo certo. Você já tem uma partição formatada no disco rígido virtual pronta para instalar o Windows 95.

Agora, vamos instalar o Windows.

Digite “r:” e em seguida aperte o “Enter“. O resultado deverá ser o seguinte:

oracle virtual box - assembly

Neste momento digite “setup” e pressione “Enter” no teclado, como a imagem abaixo.

oracle virtual box - assembly

Em seguida confirme pressionando “Enter” novamente, a instalação começará e a seguinte tela te será apresentada.

oracle virtual box - assembly

Neste ponto você estará já na instalação do Windows 95, com direito a uso do mouse. 🙂

Antes de você começar a usar o mouse nesta tela, é bom ter em mente como fazê-lo, pois geralmente isto deixa os usuários perdidos.

Quando você inicia uma máquina virtual e usa o mouse dentro dela, ela assume o comando do mouse e o impede de ser usado fora, o mesmo se passa com o teclado. Para você sair do controle da máquina virtual terá que usar a tecla que ela determinar como “host“, isto estará indicado no canto inferior direito da tela. No caso da minha tela, a máquina virtual definiu a tecla “host” como a tecla “Ctrl” do lado direito do teclado e a indicou como “Right Control“, mas isso pode variar e no seu computador ela ser definida como outra tecla, basta ler a descrição da tecla e procurar a correspondente em seu teclado. Observe:

oracle virtual box - assembly

A explicação acima é suficiente para você usar o mouse dentro e fora da tela da máquina virtual, intercalando o uso com outras eventuais atividades que você desenvolva no computador (como ler este tutorial por exemplo).

A seguir retornamos à instalação. Clique no botão “Continue” na tela. A instalação fará a copia dos arquivos e te mostrará em seguida o contrato de licença, conforme abaixo. Nesta tela clique no “Yes“.

oracle virtual box - assembly

A próxima tela será o início do assistente de instalação, o chamado “Windows 95 Setup Wizard“, clique no botão “Next“, conforme a imagem abaixo para prosseguir.

oracle virtual box - assembly

Em seguida a instalação te perguntará qual a pasta onde deve instalar o Windows 95. Apenas clique em “Next” e continue.

oracle virtual box - assembly

A tela seguinte perguntará qual o tipo de instalação você prefere, selecione “Typical” caso não esteja pré-selecionado, pois foi este tipo de máquina virtual que você configurou. Em seguida clique em “Next” novamente.

oracle virtual box - assembly

Em seguida a instalação do Windows 95 te pedirá um “Certificado de Autenticidade” geralmente conhecido como OEM. Digite o seguinte código: 24796-OEM-0014736-66386. Em seguida clique em “Next“, a tela deverá estar como a da imagem abaixo:

oracle virtual box - assembly

Este código que forneci aqui é compatível com este arquivo de imagem do Windows 95 que recomendei fazer download no início deste texto, portanto se você optar por fazer download de outra fonte, lembre-se de obter o OEM junto com o download, ou você não passará deste ponto da instalação até que obtenha um certificado válido.

A tela seguinte pedirá o seu nome e o da empresa para qual trabalha. Eu forneço apenas o meu e prossigo, deixando em branco o nome da empresa. Preencha o campo “Name” com seu nome (ou apelido) e deixe em branco o campo “Company” que se refere à empresa. Em seguida clique em “Next“, conforme a imagem abaixo.

oracle virtual box - assembly

A próxima tela tem uma característica diferente: nela você decidirá se quer que sua máquina virtual conecte-se com a internet também e se ela terá som para tocar músicas e demais. Como aqui a intenção é apenas efetuar a instalação do sistema operacional Windows 95 na máquina virtual e estes ajustes podem ser feitos posteriormente no painel de controle do Windows caso você queira, e ainda, este tema foge do escopo deste texto, recomendo deixar em branco as caixas de verificação e somente continuar a instalação clicando no “Next“.

oracle virtual box - assembly

A instalação prosseguirá analisando seu computador (na verdade ela analisará apenas sua máquina virtual). A seguinte tela perguntará sobre quais componentes você deseja instalar, o que se refere às configurações que você poderá fazer posteriormente no painel de controle, caso queira. Nesta tela selecione a opção “Install the most common components (recomended)” que traduzido é “Instalar os componentes mais comuns (recomendado)“, e confirme clicando em “Next“.

oracle virtual box - assembly

A próxima tela requer mais atenção. Até aqui as opções que você encontrou, em sua grande maioria vieram previamente preenchidas de acordo às nossas necessidades de instalação e configuração. Esta é diferente. A instalação lhe perguntará se deseja criar um disco de boot. Você deverá selecionar a opção “No, I do not want a startup disk“, que significa “Não, eu não quero um disco de boot“. Caso você não o faça, a instalação do Windows 95 sobrescreverá o arquivo de imagem do disco de boot que fez download no início deste texto e caso precise deste arquivo novamente no futuro, terá que efetuar o download novamente. Então, marque a opção “No, I do not want a startup disk” e clique em “Next“, conforme a imagem abaixo.

oracle virtual box - assembly

A tela seguinte será somente informativa, a instalação anunciará o início da cópia dos arquivos de instalação, da imagem do arquivo do Windows 95 que você fez download, para o disco rígido da máquina virtual. Apenas clique em “Next“.

oracle virtual box - assembly

Na sequência serão apresentadas algumas informações durante o processo de cópia (que geralmente é muito rápido) seguida por uma tela que muito ansiávamos ver: a finalização da instalação do Windows 95. Nesta última tela apenas clique em “Finish” para a máquina virtual reiniciar.

oracle virtual box - assembly

Antes de reiniciar devemos remover a imagem do disco de boot que está no drive de disquete virtual, conforme configuramos no início deste texto. Caso você não faça isso, verá a seguinte tela:

oracle virtual box - assembly

Caso esteja vendo esta tela, se acalme, não houve problema algum, apenas precisamos remover a imagem do disco de boot do drive virtual. Faça o seguinte: no menu superior, clique em “Dispositivos“, no menu que se abre clique em “Drive de Disquete” e no sub-menu clique em “Remover disco do drive virtual“. Siga a instrução da imagem abaixo.

oracle virtual box - assembly

Em seguida reinicie a máquina virtual. Já fizemos isto antes, mas caso não se lembre, basta clicar no menu superior em “Máquina” e no menu que se abre em “Reinicializar“. Faça como na imagem abaixo.

oracle virtual box - assembly

A máquina virtual será reiniciada já com o Windows 95 instalado e rodando e a próxima tela será bem mais agradável. 🙂 . Após algumas ampulhetas rodando e mensagens de espera a tela de configuração te avisará que o Windows precisa de um nome para seu computador, para o caso dele se conectar à alguma rede. Apenas clique em “Ok” para continuar.

oracle virtual box - assembly

Nossa intenção aqui é apenas instalar o Windows 95 na máquina virtual e não conectá-lo a nenhuma rede, no entanto o Windows requer um nome de grupo de trabalho para caso no futuro o sistema venha a conectar-se, portanto devemos preencher o campo “Workgroup” com alguma informação (eu digitei “grupo“, mas esta informação agora é irrelevante) e em seguida clicar no “Close“. Veja a imagem abaixo.

oracle virtual box - assembly

Um problema comum de instalação e configuração do Windows surgirá, ele pedirá por aquivos de configuração de rede que não estão no CD. Vamos ignorar e continuar, alguns erros surgirão mas não nos afetarão em nada, portanto não se preocupe. Apenas clique em “OK“.

A instalação pedirá arquivos, aperte a tecla “ESC” no teclado, ele pulará esta etapa e partirá para a tela de configuração de fuso horário. Se a data e hora de sua máquina virtual for para você algo importante, clique na seta para baixo do campo de fuso horário, em seguida procure por “GMT -03:00 Brasília” e em seguida clique no botão “Close” na parte de baixo da tela. Veja a imagem abaixo.

oracle virtual box - assembly

Por último a configuração do Windows 95 pedirá para você indicar uma impressora. Não o faremos aqui. Apenas clique no botão “Cancel” para prosseguir.

oracle virtual box - assembly

Por conseguinte, a configuração do Windows 95 estará praticamente completa e o sistema avisará que será mais uma vez reiniciado. Desta vez para uso. Clique em “OK” para prosseguirmos.

oracle virtual box - assembly

Lembra-se daqueles arquivos que não tínhamos durante a configuração de rede, passos atrás? O Windows 95 pedirá por eles no reinício, apenas ignore as mensagens, pois elas não serão exibidas novamente. O reinício pedirá aproximadamente 10 arquivos, ignore todos clicando em qualquer tecla do seu teclado.

oracle virtual box - assembly

Em seguida o Windows 95 surgirá em sua tela, capengo e glorioso como ele só e novamente apresentará a falta de arquivos para trabalhar em rede, desta vez em ambiente gráfico. Não se preocupe pois estas mensagens são por falta de arquivos de configuração de rede, são comuns nos Windows 95 e 98 (na verdade até o Vista ainda houve este problema) e isto não afetará nosso objetivo. Apenas clique em “OK” e prossiga.

oracle virtual box - assembly

Então a configuração realizará ajustes finais e por fim, após todo este tempo você verá o Windows 95 em sua frente, ao seu dispor e pronto para seu deleite.

oracle virtual box - assembly

Lindo não? Não. O Windows 95 foi bonito na época, hoje é um horror. 🙂 . Seja como for ele está instalado e pronto para ser usado em sua máquina virtual.

Para testar se a instalação e configuração foi bem sucedida, clique no botão “Start” no canto inferior esquerdo da tela, em seguida em “Shut Down..“, conforme a imagem abaixo.

oracle virtual box - assembly

Em seguida selecione “Restart the computer?” e clique em “Yes“.

oracle virtual box - assembly

O Windows 95 será reiniciado dentro de sua máquina virtual. Provavelmente os erros que você viu durante a configuração permanecerão, mas basta que você os ignore, isto não afetará o uso do sistema a menos que você queira conectar sua máquina virtual à alguma rede e este não é nosso propósito aqui.

Eu espero que este tutorial sirva de treino para quem deseja aprender um pouco a trabalhar com máquinas virtuais. Este é um procedimento importante para programadores que precisam realizar testes sem comprometer a máquina que usam (eu pelo menos faço isso com frequência).

Bons estudos e caso sintam dúvidas me enviem e-mail: ricardo.roveran@hotmail.com

Anúncios