Thor: The Dark World, filme de 2013, chegou ao Brasil com o nome “Thor: O Mundo Sombrio“. O filme não é a continuação do Thor anterior filmado em 2011, mas a continuação de Vingadores que acontece no intervalo entre ambos.

Thor é um personagem do Universo Marvel Comics baseado no personagem homônimo da mitologia nórdica por Stan Lee, Larry Lieber e Jack Kirby. Sua primeira aparição no HQ foi em “Journey into Mystery” número 83 em agosto de 1962.

Na época de Bor, pai de Odin, antes de Odin reinar, houve uma batalha na qual os Elfos Negros pretendiam usar o Éter (uma substância com alto poder de destruição) para mergulhar o universo inteiro numa noite eterna. Bor capturou o Éter, derrotou os Elfos Negros e ordenou que o Éter fosse escondido no universo em um lugar onde não fosse possível ser encontrado. Loki é condenado por Odin por seus crimes. Thor tem que consertar o bagunça nos 9 reinos provocada por seu irmão. Acidentalmente Jane Foster (a garota que ficou apaixonada por Thor no primeiro filme) descobre e desperta o Éter e se contamina. Thor volta à Terra, busca-a e a leva para Asgard. Os Elfos Negros despertam e retomam seus planos. O acesso ao mundo sombrio, onde os Elfos Negros estão confinados depende de um alinhamento dos 9 reinos no universo que acontece a cada 5 milênios, este intervalo está para acontecer. Malekith é o líder dos Elfos Negros e está pronto para agir. Malekith escapa do exílio e ataca Asgard em busca de Jane Foster por causa do Éter, em sua busca Malekith mata alguém muito importante para Odin. Contra as ordens do pai, Thor liberta Loki e ambos partem levando Jane para uma ofensiva contra Malekith. Na Terra enquanto isso,  o doutor Erik Selvig (astro-físico mentor intelectual de Jane) está consciente do alinhamento planetário e prepara-se para o acontecimento. Thor e Loki enfrentam Malekith que extrai o Éter de Jane, recupera todo seu poder e derrota ambos. Thor e Jane voltam a Terra. Com todo o poder do Éter em suas mãos, Malekith agora poderá realizar seus planos.

O roteiro é lento mas tem ritmo e não deixa faltar informações para o público, a estória demora para começar. A mensagem trabalhada é sobre a relação entre o amor e a coragem. Odin paga um preço alto por seu julgamento acerca do relacionamento de Thor e Jane. É o amor de Thor por Jane que alimenta sua coragem e o faz enfrentar o maior desafio do Universo Marvel até o presente.

A fotografia serve-se de um esquema de cores que varia entre o sombrio e o cinzento e evita as tonalidades vivas mesmo em toda glória de Asgard, as velozes tomadas de câmera nas cenas de ação ficaram bruscas e perfeitas. A música é o clássico orquestrado e o épico e harmoniza com a aventura de uma divindade da mitologia nórdica. A edição executou um trabalho digno com a riqueza de transições com cenários variados e muita velocidade.

O elenco é muito competente e não há qualquer demérito. Chris Hemsworth como Thor demonstra que nasceu para o papel do deus do trovão. Natalie Portman como Jane Foster é a incorrigível e eterna namorada apaixonada. O casal Thor e Jane Foster é muito intenso e convincente. Tom Hiddleston como Loki, o trapaceiro irmão de Thor é muito fiel ao HQ. Anthony Hopkins como o sábio e pesaroso Odin novamente entrega o melhor rei de Asgard que se é possível conceber. Stellan Skarsgård como o divertido Dr. Erik Selvig, o astro-físico mentor de Jane faz toda diferença, o sujeito rouba a cena. Jaimie Alexander como a enciumada, linda e feminina guerreira Sif convence. A aparição cameo (papel irrelevante feito por um grande autor apenas por diversão) de Stan Lee é hilária.

A direção realizou uma obra excelente em diversos aspectos e orquestrou uma equipe de talento incontestável.

A produção de Kevin Feige pela Marvel Studios contou com um investimento de US$ 170 milhões que retornou numa bilheteria blockbuster de US$ 644 milhões. O filme concorreu a 24 prêmios dos quais ganhou 3.

Este é um filme necessário para entender os acontecimentos posteriores do Universo Estendido Marvel, principalmente no arco narrativo dos Vingadores – Guerra Infinita que está para estrear em breve.

Uma nota 10 é justa.

Trailer de Thor: The Dark World ( Thor: O Mundo Sombrio )

Ficha técnica de Thor: The Dark World ( Thor: O Mundo Sombrio )

Filme Thor: The Dark World ( Thor: O Mundo Sombrio )
Ano 2013
Duração 112 minutos
Produção Kevin Feige
Direção Alan Taylor
Roteiro Christopher Yost, Christopher Markus, Stephen McFeely

História de Don Payne, Robert Rodat

Baseado em Thor de Stan Lee, Larry Lieber, Jack Kirby

Fotografia Kramer Morgenthau
Música Brian Tyler
Edição Dan Lebental, Wyatt Smith
Elenco Chris Hemsworth, Natalie Portman, Tom Hiddleston, Anthony Hopkins, Stellan Skarsgård, Idris Elba, Christopher Eccleston, Adewale Akinnuoye-Agbaje, Kat Dennings, Ray Stevenson, Zachary Levi, Tadanobu Asano, Jaimie Alexander, Rene Russo
Orçamento / Receita US$ 170 milhões / US$ 644.571.402
Anúncios