Ricardo Roveran

Crítica, história, política, sociedade, filosofia e ciência.

Sobre

Eu sou o Ricardo Roveran, um cara que ama escrever e o faz por instinto.

Tenho um forte senso investigativo, coragem, força e atitude: O que eu puder provar, eu escrevo sem hesitar.

Não me considero um jornalista pois a missão do jornalista é escrever sobre a jornada, ou seja, o intervalo do início ao fim do cotidiano, isso é pouco para mim, o que escrevo é obviamente mais importante que o dia a dia, aqui você encontrará filosofia, artigos com notícias relevantes que por vezes são denúncias, história, crítica de arte com destaque para cinema e música, e um pouco de sociologia e economia.

Leio muito, assisto muitos filmes, ouço muita música, não tenho exclusividade com qualquer cultura, analiso todas e cada uma do ponto de vista crítico de seu conteúdo e intenção comparando as narrativas com a realidade da época e do indivíduo.

Meus textos publicados no ano de 2016 neste blog foram poucos, apenas 9, mas em outros sites diversos foram 61.

Minhas fontes de inspiração são Olavo de Carvalho, Sócrates, Platão, Aristóteles, e como comunicador ímpar, o ápice da sinceridade, o mestre Alborghetti.

Para quem gosta do que escrevo e pretende me entender, recomendo os seguintes conteúdos:

  1. Fedro, A República, O Banquete e Apologia de Sócrates – Platão
  2. Ética a Nicômaco – Aristóteles
  3. Curso “História Essencial da Filosofia” – Olavo de Carvalho
  4. Curso “Guerra Cultural” seguido do hangout “Amnésia histórica” – Olavo de Carvalho
  5. Curso “Teoria do Estado” – Olavo de Carvalho
  6. Curso “As 12 camadas da personalidade” – Olavo de Carvalho
  7. Curso “Política e Cultura no Brasil” – Olavo de Carvalho
  8. Curso “Esoterismo” – Olavo de Carvalho

Para quem tiver curiosidade de saber quais outros sites publicam textos meus consulte aqui os registros.

Anúncios

2 comentários em “Sobre

  1. Olá, Ricardo!
    Tenho acompanhado seus textos no Terça Livre.
    São enxutos, diretos, sem neologismos nem arcaísmos.
    Agora descobri seu blog.
    Gosto e aprecio sua maneira de escrever, apesar de diferente da minha.
    Porém, pelos seus textos, consigo compreender sua mente disciplinada e irriquieta, apesar de, ao meu ver, estar repleta de informações “ainda por catalogar”. E isso é muito bom!
    Seus textos remetem ao que vivemos, ao zeitgeist, e nos apontam uma saída, uma ordem, uma disciplina.
    Também aprecio seu posicionamento político. É sincero, sem meias verdades ou encimadomurismos…
    Em verdade, passei aqui somente como admirador.
    Se eu puder enriquecer sua biblioteca, indicaria a leitura de Ensaios, de Michel de Montaigne e A Ética, de Baruch de Espinoza – São antigos, mas a cosmovisão do Séc. XVI e XVII, sem serem nostálgicas, ainda são basilares.
    Abraços!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: